26962347_2312749878750523_75778537616864

A origem do Jesus Vida Verão está diretamente ligada à organização da Primeira Igreja Batista Praia da Costa, em 13 de julho de 1991. Cerca de 40% dos membros eram jovens que na sua maioria acabavam de iniciar a vida cristã. Já no verão de 1992, surgiu a idéia de reunir esses jovens durante todo o mês de janeiro em um programa de louvor e adoração no calçadão da praia. O louvor era ministrado por um grupo da própria igreja e a Palavra bíblica era transmitida pelo então pastor da igreja, Vanedson Ximenes. O culto no calçadão chamava a atenção das pessoas que passeavam pela orla. Eram moradores da praia e turistas que paravam para acompanhar as músicas e ouvir a mensagem. Os primeiros cultos reuniram cerca de cem pessoas e já nessa época aconteceram as primeiras conversões de pessoas ao lado de Cristo. Percebendo o potencial da idéia, no verão de 1993, o pastor Vanedson convocou toda a igreja a participar mais ativamente do evento. Duas caixas de som, um microfone e um teclado começaram a ser usados na praia para que o culto alcançasse mais pessoas. Ampliou-se a visão do louvor e adoração, passando-se a contemplar de forma mais forte o evangelismo. “O Jesus Vida Verão nasceu pequeno. O crescimento foi fruto da visão evangelística e da submissão à vontade de Deus”.

ORIGEM

PRIMEIROS ANOS

26952695_2312750365417141_35960992727089

Em janeiro de 1994, o evento agora denominado “Jesus Vida Verão” teve o seu primeiro palco doado por um membro da igreja, proprietário de uma empresa de metalurgia. O palco era voltado para a avenida e as pessoas se reuniam no calçadão.

Com a programação passando a ser fixa nas sextas e sábados, bandas locais e de outros estados puderam ser convidadas. O destaque local ficou com a banda Práxis e o nacional foi o grupo Banda & Voz, do Rio de Janeiro. O público reunido já alcançava 1.500 pessoas.

Em 1995, o palco passou a ser voltado para a areia e o público praticamente dobrou. A cada noite o evento já reunia quase 3.000 participantes. Também crescia o número de pessoas que ouviam a mensagem bíblica e decidiam caminhar com Jesus. Apesar do crescimento nessa área, o trabalho de aconselhamento ainda não era executado.

O destaque musical de 1995 foi o grupo Raízes, de Brasília, que nunca havia se apresentado no Estado. Após o Jesus Vida Verão, as canções do grupo passaram a ser parte integrante do repertório das principais rádios do Espírito Santo.

Também na edição de 1995, a organização ampliou a visão e passou a promover competições esportivas, valorizando o espírito de cooperação e amizade. Foram organizados os campeonatos de vôlei de praia e futebol de praia. As disputas aconteciam sempre aos sábados pela manhã, no local do palco. O resultado dessa iniciativa foi uma grande integração entre comunidades e igrejas.

 
 

O NOME

O primeiro logotipo do evento Apesar da ideia do culto na praia ter sido consolidada, o projeto ainda não tinha um nome e nem mesmo dias fixos.

Durante o ano de 1993, criou-se uma equipe de organização visando aprimorar a iniciativa. Essa equipe reuniu-se e apresentou à igreja o projeto chamado “Jesus Vida Verão” – um palco montado para noites de evangelismo e adoração que aconteceriam todas as sextas e sábados do mês de janeiro, contando com a presença de grupos musicais e de pastores para ministração da Palavra bíblica.

O texto base do projeto inicial apresentado foi: “O projeto foi implementado em função da necessidade de proporcionar aos jovens e veranistas da Praia da Costa alternativas de lazer e integração, visando não dar espaço para drogas, vandalismos e demais distorções morais e éticas, verificada de forma crescente no período de verão. Visa tão somente levar a mensagem do Evangelho a todos os moradores, turistas e outras pessoas que estiverem ao alcance por meio de um estilo de música diferente, testemunhos de pessoas que foram resgatadas da marginalidade, entre outras atividades”.

h_2.jpg
11987215_1232418250117030_40590476977029
 

INFRAESTRUTURA

Estrutura do evento em 1996 O ano de 1996 pode ser considerado como o primeiro grande marco na existência do Jesus Vida Verão, tanto em infra-estrutura quanto termos evangelísticos.

Os organizadores trouxeram de Brasília dois caminhões com equipamentos de som. O palco cresceu e um telão foi instalado para facilitar a visualização da programação. A banda Novo Som foi o destaque musical do ano e o goleiro João Leite foi o convidado a transmitir seu testemunho de conversão à Cristo. O ano também foi marcado pelo primeiro contato do pastor Evaldo Carlos do Santos com o evento. Ele foi um dos preletores convidados para trazer a mensagem bíblica naquele ano.

Porém, a grande evolução deu-se na área de evangelismo. Pela primeira vez organizou-se uma equipe para fazer o aconselhamento de pessoas e registrar os dados daqueles que ouviam a mensagem e decidiam caminhar com Cristo. E não parou por aí.

Um programa de computador foi criado para permitir que esses dados fossem digitados e encaminhados para igrejas cristãs evangélicas de todo o Brasil, conforme a residência do aconselhado. Os cerca de 30 conselheiros foram responsáveis pelo atendimento de 203 pessoas. Ainda nesse ano, foi criada a equipe de intercessão, encarregada de estar em oração durante todo o evento.